Arquivo da categoria: Ferrets

Ferrets

Vacino ou não meu ferret?

Pergunta frequente de cliente: “preciso vacinar meu ferret?”

Sim, 100% sim!

Quando chegam ao Brasil, já vem com a primeira dose contra cinomose, doença fatal nesta espécie. Depois realizo mais 3 doses com intervalos mensais e após 15 dias, aplico a anti-rábica.

013

Não as realizo ao mesmo tempo, pois podem ter reação alérgica, em alguns casos, levando o animal à morte 🙁

Há certa dificuldade de encontrar as vacinas específicas e indicadas, mas com certa insistência, podem ser encontradas.

Ainda não indico vacinas mistas, não há estudos comprovando reações adversas como anafilaxia ou até mesmo choque. Como participo de fóruns nacionais e internacionais, muito amigos europeus e americanos ainda não indicam.

Há alguns que dizem: “vacina segura, é vacina não aplicada…” rsrsrs, só querem dizer que qualquer vacina pode causar uma reação anafilática, só isso, mas devemos sim vacinar nossos animais 😉

Espero ter ajudado em algo.

Animal Exótico, diminuindo as fronteiras entre homens e animais!

Infecção por Bordetella bronchiseptica

A infecção clínica é relativamente comum em cobaias, cães e suínos. Ratos, coelhos, gatos, pássaros e primatas também podem desenvolver a infecção clínica, mas estes animais normalmente se apresentam portadores.

174

A Bordetella bronchiseptica  é um bacilo ou cocobacilo pequeno, móvel e Gram (-). A transmissão se dá por contato direto com animais clinicamente afetados, portadores, fômites e aerossóis respiratórios. Continue lendo Infecção por Bordetella bronchiseptica

Abordagem clínica a diarréia em ferrets

Diferentemente do que ocorre em cães e gatos, os ferrets não são frequentemente acometidos por endoparasitos.

A suspeita clínica deve ocorrer em animais que apresentem diarréia ou alteração da consistência das fezes. Um exame protoparasitológico de fezes deve ser realizado com suas respectivas repetições.

Tenho observado que a casuística de nematódeos é quase nula, diferentemente das coccidioses e giardíases que são mais frequentes. A coccidiose pode ser subclínica ou estar associada com diarréia, letargia, e desidratação. Pode ocorrer prolapso retal em alguns casos.

14-11-2006 (67)

Criptosporidiose tem sido descrita em ferrets, mas sem sinais de “doença´´. Continue lendo Abordagem clínica a diarréia em ferrets

Cardiopatias em roedores, ferrets e coelhos (lagomorfos)

Chinchilas podem apresentar murmúrio na auscultação cardíaca. Até a presente data não há relação comprovada entre os murmúrios e cardiopatias. Como exceção uma chinchila macho o qual apresentava murmúrio cardíaco ao exame clínico. Ecocardiografia e eletrocardiografia revelaram um defeito no septo ventricular e regurgitação na tricúspide.

150

Trombose atrial tem sido descrita em hamsters. A maior parte das tromboses ocorre no átrio esquerdo secundário a falência Continue lendo Cardiopatias em roedores, ferrets e coelhos (lagomorfos)

Reconhecendo enfermidades nos ferrets

Aqui serão abordados apenas sinais clínicos das principais doenças, e não fisiopatologia e/ou tratamento.

Na necessidade de mais informações, entre em contato conosco. NUNCA MEDIQUE SEU AMIGUINHO, VOCÊ PODERÁ AGRAVAR O PROBLEMA!

126

Quando estiver quase pronto para levar seu amiguinho para o médico veterinário, lembre-se que ele necessitara do máximo de informações possíveis sobre a alteração do comportamento habitual, e dos sinais clínicos apresentados pelo seu amiguinho. Continue lendo Reconhecendo enfermidades nos ferrets